Testemunhos

Tenho 53 anos e sempre trabalhei com muitas pessoas na area de Recursos Humanos, mas aos  50 anos sentia-me cansada e abraçei outro projecto que me pareceu interessante e deixei  “a selva” em que trabalhava.
O projecto não correu como eu estava há espera por diversas razões, entre as quais trabalhar praticamente sozinha.
Comecei a sentir-me angustiada e triste e um dia, ao beber água, engasguei-me e desmaiei. A partir dai comecei a emagrecer mas como tinha vitalidade não dei importância e todos os dias comia menos.
Em Julho de 2014, acordei um dia e não conseguia engolir. Parece que o “comando” da deglutição tinha “ avariado”. Fui ao médico que me mandou efectuar umas serie de exames, mas estava tudo bem e como ia de férias , achei que ia ficar bem… Enganei-me …. todos os dias ficava mais magra, não conseguia engolir e cada vez que tentava engolir engasgava-me… foi um período muito difícil e atingi os 37 Kg (tenho 1,64). Já não conseguia andar e pouco falava. Não tinha forças e o médico mandou-me internar para ser alimentada por sonda .
Ao fim de alguns dias continuava a ser alimentada por sonda mas as melhoras não eram muitas e o médico tinha feito todos os despistes para verificar se tinha outras doenças
Felizmente o meu médico é uma pessoa de mente aberta e soube da existência da Drª Rosario e foi ao Hospital falar comigo e com o meu marido e concordámos em que ela fosse lá para me conhecer e se possível  fazer uma sessão comigo.
Graças a Deus que foi,porque a Dª Rosario foi ao Hospital todos os dias e eu fui tendo confiança e a voltar a engolir sem me engasgar e ao fim de 8 dias retiraram-me a sonda , voltei a comer  ainda com pouca confiança e ao fim de 10 dias de internamento vim para casa onde tive sempre sessões e todos os dias fui ficando melhor e mais forte.
Hoje , felizmente , tenho que agradecer ao meu médico por acreditar na terapia da Drª Rosario e tenho muito a agradecer a ela porque esteve sempre ao meu lado, sempre pronta a ajudar-mó, a dar-me força e a acreditar que eu ia conseguir… e consegui !
Já passaram 7  meses após todo “ este drama” ainda faço sessões de hipnoterapia  e sinto-me muito bem, mais forte e com muita segurança com vontade de ir para  a frente e vencer!
A minha vida após a terapia mudou para melhor quer a nível pessoal quer a nível profissional, tornei-me mais forte e mais confiante.
Empresária, 53 anos, Lisboa

 

“ Contactei a Dra. Rosário com o objetivo de resolver um problema de disfunção sexual de origem psicológica.
Com três sessões apenas consegui ver melhorias significativas, não só relativamente ao problema em si, mas em relação e outros aspetos, de certa forma ligados, como o stress e a autoconfiança.
Aprendi a auto hipnose que hoje pratico regularmente, sendo para mim uma ferramenta fundamental para o meu equilíbrio físico, emocional e mental. Graças a esta pratica
Consigo atingir níveis de calma e relaxamento que só após um mês de férias conseguiria. Deste modo a minha produtividade aumentou, assim como a minha capacidade de utilizar o meu máximo potencial durante o dia a dia.”
Empresário, 43 anos, Lisboa

“Após 32 anos a roer as unhas de forma compulsiva e de ser quase auto flagelação, entendi que precisava de ajuda. Graças à hipnoterapia, hoje já tenho unhas, e finalmente vejo quais as inúmeras vantagens de ter unhas.”
Profissional de Restauração, 32 anos, Azeitão

“Durante alguns anos tive sintomas de SCI (Síndrome do Cólon Irritável), os quais interferiam com a minha vida diária. Os medicamentos aliviavam estes sintomas mas após a sua paragem havia recorrência. Com as sessões de hipnoterapia, os sintomas foram desaparecendo e presentemente estou assintomática – é indescritível a diferença que isto causou na minha qualidade de vida.”
Médica, 48 anos, Lisboa

“Com o recurso à Hipnoterapia, fui capaz de me libertar do vicio da nicotina. Com a Hipnoterapia consegui atingir níveis de concentração de tranquilidade e de relaxamento que até então não tinha sentido, e o que me parecia difícil foi para mim facilitado com o recurso à Hipnoterapia e aos consequentes exercícios de auto-hipnose que me ensinaram durante o tratamento. Estou sem dúvida agradecido à Rosário e à hipnose, que conseguiu tornar-me num homem diferente, mais confiante, mais tranquilo e sem dúvida mais saudável.”
Informático,  39 anos, Lisboa

“Há pouco tempo recorri à hipnose para um problema pontual de carácter emocional e profissional. Com a ajuda da hipnose tenho aprendido a controlar melhor os meus medos e faltas de confiança e a encontrar o foco das coisas. Tornei-me mais forte e segura no confronto com as dificuldades que tenho encontrado na minha profissão.”
Actriz, 52 anos, Lisboa

“Durante uma conversa com um professor e amigo, foi-me recomendado que consultasse a Rosário, uma vez que a sua especialidade já havia ajudado outros seus ex-alunos com questões semelhantes à minha. No meu caso, uma quebra significativa na auto-estima e subsequente processo de desmotivação pessoal e profissional. Se juntarmos a isto a perda de duas referências importantes da minha infância, o cocktail só tinha de dar mau resultado. Foi com base nestas variáveis que, após 3 sessões de Hipnoterapia, a Rosário conseguiu devolver a espontaneidade, a curiosidade, o atrevimento e a confiança que andavam arredadas do meu dia a dia, com consequências óbvias quer a nível pessoal quer a nível profissional.”
Gestor de Projectos de uma Multinacional, 37 anos, Lisboa

“A determinado momento da minha vida, há sensivelmente um ano, dou por mim à beira do desespero…   Trabalhava 80 horas por semana há cerca de 2 anos, estava exausta e havia pouco tempo tinha tido um acidente muito grave nas férias com os meus melhores amigos. Sabia que não estava bem e procurei ajuda através da hipnose. Mais do que ser medicada com químicos para uma série de sintomas, eu tinha de mudar a minha vida!
A hipnose ajudou-me em todo o processo de mudança e actualmente vou trabalhar no Reino Unido. Sou Feliz!!”
Enfermeira, 29 anos, Lisboa.

“Estava num momento da minha vida em que tudo parecia ter colapsado, como se me tivessem tirado o tapete debaixo dos pés. Um casamento que eu pensava que ia durar para toda a vida e de repente tudo acabou. Três filhos em comum, um projecto de vida que, pensava eu, estava a ser vivido com o mesmo empenho pelos dois. Engano meu. Outra pessoa apareceu no meio e veio acabar com algo que provavelmente já estava ferrugento na base. Mas eu não estava à espera e fiquei completamente desestabilizada.
Recomendaram-me uma hipnoterapeuta amiga de uma amiga. Fui, por confiar na minha amiga, porque naquela altura eu não sabia sequer o que era a hipnoterapia.
Estabeleceu-se logo uma relação de confiança, pois ela era muito simpática e gentil. Lembro-me que tinha uma voz muito confortante e suave.
Durante a sessão de hipnose fui sempre ouvindo o que a terapeuta me dizia, ficando muito concentrada na sua voz e nas coisas que ia sentindo e imaginando.
Convidava-me a relaxar e fui ficando mais e mais calma. Sentia-me segura naquele ambiente e com aquela terapeuta.
O que aconteceu durante a terapia já não me lembro bem. Sei que chorei muito e aliviei o peso que sentia sobre os ombros e o nó que sentia na garganta dissipou-se. Quando acordei daquele estado, senti-me muito mais calma e com a minha cabeça mais clara. Parecia que a confusão de emoções que eu sentia tinha desaparecido e que conseguia olhar para a situação de uma forma mais calma, como se estivesse de fora.
Fiz ainda mais duas sessões que me ajudaram a sair do papel de vítima e a sentir-me mais em controlo da situação. Acabei por me divorciar, mas consegui ir buscar forças que eu não sabia existirem dentro de mim, e consegui refazer a minha vida, a minha auto estima e a minha auto confiança.”
Bancária, 39 anos, Lisboa